Published on julho 29th, 2016 | by Debby Mian

Debby entrevista Janaina Lima

Bati um papo super gostoso com a bailarina, coreógrafa e cantora Janaina Lima, dona de uma voz e um carisma inigualável!

Ela faz parte do Projeto Kaleidoscópio, e participou de muitos outros projetos musicais  e de dança  durante sua trajetória, inclusive, nos conta sobre a época em que participou do processo seletivo para fazer parte do “Rouge”.

Essa tem história para contar! É com você, Janaina Lima!

 Você iniciou sua carreira aos 15 anos como bailarina e durante sua trajetória , teve participação em diversos eventos nacionais e internacionais , incluindo um vídeo – clipe do Prince. Fale um pouco sobre seu início e sobre esses trabalhos.

 Comecei a ter aula de dança com 7 anos , participei de grupos de dança amadores até chegar aos profissionais.Em 1996,  me aventurei e fui morar nos EUA  por um ano, e na segunda semana que estava lá fazendo cursos de dança , vi no mural de avisos da escola um anúncio sobre  a  audição para o vídeo clipe do Prince, na época chamado “The Artist”.
 Eu ainda não dominava o inglês, mas a dança é uma linguagem universal. Fiz o teste em New York onde estava morando na época e fiquei até o final , entregando meu portfólio para os coreógrafos renomadíssimos Jimmie King e Tina Landan.Após alguns dias, me ligaram dizendo que eu tinha passado nos testes. Quando cheguei no aeroporto, vi que eram eu e mais 10 bailarinos. Pensei:  “Wow …vou super aparecer nesse vídeo “.
 Quando chegamos em Mineápolis, encontramos mais um monte de bailarinos que eram de Los Angeles, onde também teve audição, foram 50 bailarinos no total, gravando no Paysley Park . Aliás, foi a festa de inauguração pra lá de incrível do Studio do Prince.Tive a honra de olhar olho no olho dele ! Teve um momento  no vídeo, onde eu apareço e foi por que ele  pediu para  que eu mudasse de lugar.

 Quando sentiu vontade de se tornar cantora e como surgiu a oportunidade?

 Foi pela Dança, eu já cantarolava no chuveiro e nos karaokês.

 A oportunidade surgiu na época que eu dançava na ” Cia de Danças de Diadema” e o espetáculo “Brasil 500 anos” foi coreografado por alguns bailarinos da Cia , um deles gostava muito da minha voz, o Eloy Rodrigues e disse: – Você vai cantar na minha parte, e assim foi!
 Eu cantava duas músicas à capela e toda a peça era acompanhada pela Orquestra de Diadema e fizemos até uma temporada no Teatro Municipal de SP,foi mágico !
 Depois de um tempo, fui morar em Goiânia , pois comecei a dançar na Quasar Cia de Dança, foi aí que alguns dos músicos do espetáculo de Diadema me contataram, querendo que eu fosse vocalista de uma banda de Trip Gio que eles estavam montando o ” Pai Urso” .Como nada é por acaso, eu voltei pra SP e comecei a cantar na banda, foi então que uma coisa puxou a outra e quando vi estava cantando e compondo .

 Você ficou entre as finalistas do Talk Show Pop Stars , que posteriormente , deu origem ao grupo Rouge. Como foi essa época e por qual motivo você acredita não ter chegado na final?

 Então, foi o primeiro Reality Show do Brasil!!!! E na real, hoje posso contar (risos),  eu não poderia ter participado, pois na época eu já tinha 27 anos e no regulamento dizia que a  idade dos participantes deveria ser de 18 a 25 anos, mas  era uma oportunidade muito boa para mim e resolvi arriscar. Eu  tinha um documento original do estado, que tinha o número do meu RG, mas não constava a data de nascimento, era um documento com foto  de quando coreografei uma peça de teatro da FEBEN.
 Fui utilizando ele e passando as fases do processo seletivo, quando cheguei entre as 37 finalistas, tive que enviar a xérox do RG e meu irmão conseguiu falsificar e  lá fui eu (risos). Daí a minha consciência começou a pesar , pois enxerguei que estava tirando o lugar de alguém que estava agindo corretamente.Eram muitas meninas cheias de talento. O canto, é a voz do coração e tem que ser verdadeiro!
 Dei uma vacilada e toda a segurança que eu tinha, ficou abalada.Foi aí que falei a verdade  para a Direção do programa e ainda assim,  fiquei entre as 20 finalistas! Foi um grande aprendizado !

 Posteriormente, você juntamente com o DJ Ramilson Maia e o Produtor Gui Boratto, criaram o projeto Kaleidoscópio . Como surgiu a idéia e qual era a proposta desse trabalho?

 Eu já estava cantando com o Ramilson na Banda Ram Science, pelo intermédio do Wendel Vicente que era produtor musical da Banda Pai Urso , ele na época tocava bateria na Ram Science e eu sempre gostei muito de música eletrônica , foi a época em que surgiam as  primeiras Mega Avonts da vida . A partir daí,  ele me apresentou o Ramilson e falei que cantava para ele , trocamos telefone e rolou  Comecei a cantar na Ram Science, uma delas era ” HideYou” “Breakbeat Era” ” Roni Size” ,enfim, conheci o Drum and Bass. O Pop Stars, rolou nessa mesma época, foi então que  o Ramilson fez uma parceria de um selo eletrônico com o Gui Boratto  , a Mega Music.
 Eu já estava me arriscando a compor, foi aí que eles fizeram a base do “Tem que Valer”, e o Ramis falou para o  Gui, que ia dar para menina que estava cantando com ele . Eu fui fazer uma letra e nasceu a ” Tem que valer”. Compus a música que caiu na graça do público  e nasceu o Kaleidoscópio, sem pretensões e sem previsões de absolutamente nada. Foi tudo muito rápido , pois era verdadeiro!

 

 Em 2003, o álbum “Tem Que Valer”, teve grande repercussão na cena eletrônica .O Projeto Kaleidoscópio passou por diversos Estados do país , se apresentando também internacionalmente e fazendo parte do Line Up de muitas festas de Drum N’ Bass de DJs renomados da cena brasileira. Fale um pouco sobre isso e qual o trabalho, na sua opinião, deu mais visibilidade á sua carreira?

Foi tudo muito rápido! Foi na hora e no momento certo. A música foi tema da novela “Malhação “, do comercial da Kibon e fizemos o disco em dois meses, Daí surgiu o contato com a gravadora italiana Irmã Records e ” Você Me Apareceu” foi a terceira música mais tocada no verão italiano de 2004.
 Conhecemos o mundo, com nossas apresentações em diversos países!  No Japão, a música mais tocada foi a “Meu Sonho” versão house. Era muito louco!
 Eram as mesmas músicas mas com segmentos diferentes e  em vários países. Agradamos  com a nossa energia e a alegria , e na verdade, esse sempre foi o foco da minha carreira artística .
 Com o Kaleidoscópio consegui colocar isso em prática e me encontrar como artista … Dançando, Compondo e Cantando!!!

Após o Kaleidoscópio, você participou também de outros Projetos . Quem fazia parte ? Tiveram a mesma repercussão que o Kaleidoscópio?

Sim ! Inclusive durante o projeto Kaleidoscópio continuei fazendo meu trabalho com dança , fui coreógrafa do segundo CD das Rouge , até abrimos um show delas. A dança sempre esteve presente em minha vida!
 Na mesma época, tinha a Banda Vitrola Estereophonica , onde eu dividia o palco com a cantora Céu e os músicos pra lá de incríveis. As pick-UPS eram comandadas pelo  Jr. Deep do Drumagick  e era tudo junto e misturado,  aprendi muito com esse trabalho. Estava no Projeto Toxi6 , dai engravidei e  resolvi dar um tempo com todos os trabalhos. Quando voltei, foi com um  disco solo voltado para mpb/samba-rock , foi um trabalho que fiz com muito amor!
 A música ” Rio do Tempo”, em parceria com o querido Marco Mattoli do Clube do Balanço, ganhou as rádios de MPB tocando até hoje na Nova Brasil FM e tb fiz alguns shows com uma galera de músicos de primeira!

Além de bailarina, você também é coreógrafa. Quais foram as emissoras nas quais você passou e que trabalhos você realizou?

Sim . Adoro ensinar, pois é ensinando que se aprende.

Coreografei o Rouge , artistas gospel como Heloisa Rosa, daí tive a oportunidade de ser a coreógrafa das duas edições do Idolos Kids , também trabalhei com a cantora Jane dos Santos ( tia do Neymar) , com o cantor Thiaguinho, entre outros .

Quais foram seus melhores e piores momentos durante sua trajetória como artista ( bailarina / coreógrafa e cantora) de um modo geral?

Quando fazemos o que amamos não existe tempo ruim , existem desafios, e coisas que poderiam ser piores que acabam sendo engraçadas .Então eu não tenho do que reclamar e sim só a agradecer por poder vivenciar e conhecer tantos lugares e pessoas incríveis em toda essa minha jornada da vida .

A gratidão é infinita por levar alegria , amor e verdade através da música e da dança !!!!

São muitos os momentos mágicos e inesquecíveis….

Você é mãe e artista e tem uma vida “Mega Agitada” se apresentando em diversos eventos. Como consegue conciliar tudo ?

Sim ! Na real, todo mundo acha que artista não tem tempo, mas não é verdade .  Nós  trabalharmos muito, mas  os horários são flexíveis e acabamos tendo mais tempo para nos dedicarmos á família e ás demais tarefas diárias. De qualquer forma, o tempo está passando muito rápido ,meu filho por exemplo, já vai fazer 9 anos e parece  que foi ontem que eu estava barriguda!

 Por isso temos que viver o presente ,  intensamente!

Quais seus projetos atualmente e quais os planos para o futuro?

Bom, estamos com disco novo do Kaleidoscópio , com várias parcerias… MadZoo, Drumagick, Deep Lick, Dj Andy, e fazendo shows e divulgando . Também venho cantando com a Banda Quasimodo que já tem 25 anos de estrada em Eventos , casamentos, onde divido o Palco com a talentosa Graça Cunha!

Continuo dando aulas de dança e coreografando, e já fazem 2 anos que estou em parcerias com vários DJs, cantando e compondo em inglês com o nome artístico Janz , tenho duas tracks com o Dj Chap, que já foram lançadas pela V Records , duas também com Crytical Dub , também tem com o Zilli , TheAfterMath ( espanhol ) e muitas vindo por aí…. Aguardem!!!

O futuro….. Ahhh o futuro ….. Depende do presente…....

 

Gostaria de agradecer ou deixar mensagem para alguém em especial ou para o público que acompanha seu trabalho durante sua trajetória ?

Eu sou muito feliz e grata por poder trabalhar com As artes (Dança e a Música). Não tenho palavras para expressar , só sentimentos ! É muita emoção!

Agradeço á todos  os meus mestres da Dança e da Música e principalmente  á vc aí que está lendo essa entrevista .

Somos espelhos , somos um , e eu só Gratidão por estar viva e poder compartilhar tudo que sei….

Encontre mais matérias e conteúdos no site da Debby
http://www.debbymian.com


Tags: , , , ,


About the Author

Foto de perfil de Debby Mian

Jornalista, estilista, apaixonada por música, moda e comunicação. Leia mais sobre música, moda e muito mais no meu blog http://www.debbymian.com



Back to Top ↑
  • Curta no Facebook

  • Tags


Pular para a barra de ferramentas